Quando chegamos na praia de Bora Bora para o Congresso Técnico, o mar estava uma piscina. Saímos em direção a ilha com o mar super calmo e um dia maravilhoso.
No caminho para a Ilha Montão de Trigo tivemos um presente a parte da Natureza e de Deus, fomos acompanhados por um cardume de golfinhos, um espetáculo a parte, que já valeu ter feito a inscrição para essa prova.
Chegando na Ilha outro espetáculo da Natureza foi mergulhar em um aquário gigante de águas claras e cristalinas e vários cardumes de peixe.
Uma oração, a pose para a foto na Ilha e foi dada a largada, saímos em busca de completar o desafio pessoal de cada atleta.
Acabei ficando para trás e nadei todo o tempo sozinha por uns 6 km mais ou menos, mas valeu cada braçada, pois dava para ver alguns peixes enquanto eu ia nadando, sem contar a vista e o cenário maravilhoso. Nesse momento da prova já estava com um vento contra que começou a dificultar cada vez mais a travessia. Em uma das paradas para a minha hidratação, como eu estava sozinha e o mar ficando perigoso, naquela distância o barqueiro achou melhor eu pegar uma carona de barco por segurança, onde acabamos pegando mais alguns atletas que estavam nas mesmas condições, e nos deixou um pouco para a frente, onde caímos na água novamente e conseguimos completar o restante do trajeto e o meu desafio pessoal a nado.
Agradeço pelo presente da Natureza, pelos amigos guerreiros que conheci, e pela experiência de ter participado dessa prova.
Tivemos nossa premiação com direito a troféu personalizado e uma camiseta.
Uma experiência e tanto, que vai ficar gravado na minha memória.